Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /kunden/483505_50739/webseiten/products/718-boxster/wp-content/plugins/qtranslate-x/qtranslate_frontend.php on line 507
Motor e caixa de velocidades
Motor e caixa de velocidades

Os novos motores Boxer de quatro cilindros

Com o 718 Boxster, a Porsche introduz dois motores Boxer de quatro cilindros totalmente novos com turbocompressão. A potência e eficiência aumentaram face aos propulsores utilizados até aqui. Um pacote de inovações garante, além do mais, o prazer de condução típico da Porsche. Os motores distinguem-se por uma capacidade de resposta mais espontânea, alta rotatividade até às faixas de rotações mais elevadas e – não menos importante – pelo som emocional.

A Porsche utiliza os motores Boxer de quatro cilindros em duas versões de potência: com dois litros de cilindrada e 220 kW (300 CV) no 718 Boxster e como bloco de 2,5 litros com 257 kW (350 CV) no 718 Boxster S. Face aos modelos Boxster anteriores, tal corresponde a um aumento de potência de 26 kW (35 CV). Também o binário sofreu um aumento significativo. O motor de dois litros do 718 Boxster produz um binário de 380 Nm, disponível logo entre as 1950 rpm e as 4500 rpm. Isto corresponde a um aumento de 100 Nm, ou seja, 35%. O motor de 2,5 litros do 718 Boxster S desenvolve, entre as 1900 rpm e as 4500 rpm um binário de 420 Nm, mais 60 Nm do que o seu antecessor. É o maior aumento de binário na história do Porsche Boxster.

Salto do binário: acelerações mais rápidas a qualquer velocidade

Os novos modelos 718 Boxster concluem as retomadas de aceleração de forma claramente mais vigorosa e aceleram mais rapidamente a partir das baixas rotações. O 718 Boxster com PDK e pacote Sport Chrono acelera em 4,7 segundos dos 0 aos 100 km/h; 0,8 segundos mais rapidamente do que o modelo anterior. O 718 Boxster S, com o mesmo equipamento, consegue fazer o mesmo sprint em 4,2 segundos, sendo 0,6 segundos mais rápido do que o seu antecessor. Ao mesmo tempo, o motor demonstra a elevada rotatividade típica de um veículo desportivo: a faixa de rotações termina só nas 7500 rpm, sendo a quebra de potência da rotação nominal para a rotação máxima apenas de 5%. Nenhum outro motor turbo no segmento do 718 Boxster alcança este valor. Numa condução desportiva, o condutor aproveita a potência e o binário do motor ao longo de uma faixa de rotações mais ampla, sem ter de utilizar a alavanca das mudanças. E, em aceleração máxima, dispõe do binário total do motor turbo depois de engrenar a mudança. O aumento de binário é particularmente notório nas retomadas de aceleração na faixa de velocidades acima dos 100 km/h. A velocidade máxima alcançada pelo 718 Boxster é 275 km/h, o 718 Boxster S chega aos 285 km/h.

Potência e eficiência maximizada com o conceito turbo

Os motores Boxer turbocomprimidos da Porsche convencem em termos de potência e eficiência. O motor turbo de quatro cilindros com PDK no 718 Boxster consome, com 6,9 l/100 km em NEDC, menos 0,7 l/100 km do que o Boxster que vem substituir. O motor Boxer turbocomprimido de 2,5 litros com PDK no 718 Boxster S satisfaz-se com 7,3 l aos 100 km. Isto corresponde a uma poupança de 0,9 l/100 km em comparação com o modelo anterior. Feitas as contas, significa mais 35 CV de potência com até menos 13% de consumo.

As duas variantes do novo motor Boxer da Porsche não se distinguem apenas na cilindrada. No motor de base, um turbocompressor, designado de wastegate, introduz adicionalmente ar nas câmaras de combustão. Na versão com potência aumentada, o motor é sobrealimentado por um turbocompressor com geometria variável da turbina, como utilizado até aqui exclusivamente no 911 Turbo. No 718 Boxster S, um wastegate adicional opera o turbocompressor com pás direccionais ajustáveis sempre a um grau de eficiência optimizado, graças à regulação orientada do fluxo dos gases de escape. Deste modo, a energia no fluxo de gases é convertida de forma particularmente eficiente em propulsão.

Capacidade de resposta espontânea como de um motor atmosférico e função Dynamic Boost

Na afinação do sistema de turbocompressão dos gases de escape, os engenheiros da Porsche deram especial importância a um comportamento de resposta do propulsor comparável ao de um motor atmosférico. Para tal contribui, entre outras coisas, a “pré-tensão” do turbocompressor em regime de carga parcial numa condução desportiva. A válvula de bypass é fechada, o ângulo de ignição é atrasado e a válvula borboleta é aberta ligeiramente. Assim, o binário de tracção actual permanece constante, enquanto a quantidade de ar que passa pelo motor e a pressão de sobrealimentação aumentam. Quando o condutor acelera a fundo, a pressão de sobrealimentação mais elevada disponibiliza espontaneamente um maior binário. Mesmo quando o condutor levanta brevemente o pé do acelerador durante uma aceleração a fundo, o comportamento do motor turbo é equiparável ao de um motor atmosférico. A válvula borboleta fica aberta, apenas é cortada a injecção de gasolina. Assim, a pressão de sobrealimentação não é totalmente reduzida, o motor reage espontaneamente a uma nova aceleração.

A reacção do turbocompressor é semelhante ao premir o botão Sport Response, que, tal como nos modelos 911 com pacote Sport Chrono e transmissão PDK, se encontra na parte central do interruptor de selecção de programas localizado no volante. Inspirado no desporto automóvel, o motor e a transmissão são preparados, por um período de 20 segundos, para um comportamento de resposta mais espontâneo. Em regime de carga parcial, o wastegate do compressor é fechado. O resultado é o estabelecimento consideravelmente mais rápido da pressão de sobrealimentação. O motor reage mais espontaneamente aos comandos do pedal do acelerador e atinge rapidamente a sua potência máxima.

Refrigeração indirecta do ar de sobrealimentação através de um circuito de refrigeração ampliado

Outra inovação é a refrigeração indirecta do ar de sobrealimentação. Para não alterar o design e a aerodinâmica do 718 Boxster, os motores turbo utilizam as entradas de ar laterais atrás das portas para aspirar o ar e, agora, também para refrigerar indirectamente o ar de sobrealimentação. A redução da temperatura ocorre através de um circuito adicional no sistema de refrigeração. Para o efeito, existe um permutador de calor por cima do motor. Aí, o ar comprimido do turbo passa uma parte do calor para o líquido de refrigeração. Em seguida, o líquido passa por um radiador em cada entrada de ar.

As tecnologias dos motores biturbo de seis cilindros com 3 litros de cilindrada do 911 aumentam a potência e eficiência dos propulsores. Assim, a resposta do motor turbo a baixas rotações pode ser ajustada com maior precisão à espontaneidade desportiva típica da Porsche. Isto deve-se à introdução da árvore de cames de escape ajustável com comutação do curso das válvulas, adicionalmente ao ajuste das árvores de cames de admissão já conhecido do antecessor.

Sistemas de escape totalmente novos para um som emocionante

O novo sistema de escape garante uma experiência sonora emocionante, típica de um Porsche. No 718 Boxster, os gases de escape fluem por um sistema com ponteira oval única em aço inoxidável escovado. O 718 Boxster S dispõe de ponteiras duplas circulares em aço inoxidável escovado, em posição central. Duas ponteiras circulares desportivas, em posição central, são o sistema de escape desportivo opcional para todos os modelos.

Caixa manual de seis velocidades de série, PDK de sete velocidades a pedido

Os modelos 718 são equipados de série com uma caixa de velocidades manual de seis velocidades. A título opcional, está disponível a transmissão Porsche Doppelkupplung (PDK). Para aumentar a eficiência, a PDK dispõe da função Auto Start-Stop melhorada, que desliga o motor assim que o veículo começa a desacelerar. As mudanças virtuais para poupança de combustível também já são conhecidas da PDK. A uma velocidade constante o comando selecciona a mudança mais elevada possível. Para estabilizar as rotações e evitar os solavancos típicos a rotações muito baixas, a embraiagem da mudança em questão comuta para uma menor resistência.

Pacote Sport Chrono optimizado como opção

O pacote Sport Chrono opcional permite melhorar ainda mais as características desportivas dos novos 718 Boxster. Tal como no 911, inclui também o programa Individual, para além das três configurações “Normal”, “Sport” e “Sport Plus”. Através do respectivo menu no painel de instrumentos, é possível combinar individualmente as definições do PASM, o sistema de escape desportivo, a função Auto Start-Stop e o spoiler traseiro, com base nas configurações programadas. Nos desportivos com PDK, é adicionado o botão Sport Response, localizado na parte central do interruptor de selecção de programas. Com inspiração no desporto automóvel, torna o comportamento de resposta do motor e da transmissão de dupla embraiagem ainda mais directo, premindo um botão, por exemplo, para efectuar uma ultrapassagem. Em conjugação com o pacote Sport Chrono, o Porsche Stability Management (PSM) dos modelos 718 Boxster oferece ainda um programa separado: “PSM Sport”. Neste programa de condução desportivo, os condutores mais ambiciosos podem explorar ainda mais os limites do seu veículo num ambiente seguro. O PSM permanece activo em segundo plano. Em combinação com o pacote Sport Chrono evoluído, o resultado é uma experiência de condução que coloca o roadster ainda mais próximo do desporto automóvel.